quinta-feira, 28 de julho de 2011


Será que ah todos os momentos necessitamos de esperar o destino? Será que para tudo dependemos do destino? Não. E fato, Para conseguirmos o que queremos temos que lutar desejar, buscar; não podemos simples mente dizer ‘Deixe que o destino decida por mim, ’OU ‘Espero uma ação do destino’ A simples tese é *O destino faz quem você é então você quem faz o seu destino* você precisa lutar, buscar, fazer por merecer, não podemos esperar que o destino faça tudo sozinho, temos que dar iniciativa e ai sim esperar e ver o que ele realmente quer para nós. O conceito de destino para muitos é: ‘’’aquilo que me espera, aquilo que ira acontecer comigo... Já no dicionário é: *A fatalidade a que estariam sujeitas todas as pessoas e todas as coisas do mundo* ate concordo que o conceito em si seja isso, mas não apenas isso, destino e também a conclusão de quem somos, ou do que vamos ser não somos o senhor de nosso destino, mais sim podemos ser o seu tutor, e sempre dando iniciativa para que haja uma conclusão. A única preocupação que temos que ter e com essas conclusões, e as consequências, que a nossa iniciativa pode ter, pois depois as consequências as conclusões podem não ser o que esperamos ai só nos resta arcar com elas.

Perguntas
Sem respostas.
Segredos
Mistérios...
São almas que provam
Da dor e da solidão.
Que permanecem tempos
Aprisionadas na escuridão,
Até seus olhos encontrarem
A luz que abençoará seu destino.
São destinos traçados
Que tempo nenhum destrói.
Destinos entrelaçados pelo mundo
Que depois da turbulência nos sentidos
Se encontram lúcidos...
Um destino
Já imposto pela vida
Já entendido pela razão.
Destinos traçados
Que nem a tempestade de ilusões
Pode tocá-los.
As estrelas guardam seus segredos
E a vida junto do tempo os desvendam.
Destinos traçados
Onde a sabedoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário